Bem-vindos ao ¬ęReino das Aves¬ę! Hoje, vamos entrar em um mundo m√°gico e misterioso, onde a beleza da natureza encontra a excentricidade das aves ex√≥ticas.

Prepare-se para se maravilhar, porque hoje mergulharemos no fascinante universo do Calao, tamb√©m conhecido como o ¬ęRei das Selvas Tropicais.

Calao (Buceros bicornis): Beleza Exótica e Segredos da Selva Revelados

A característica mais notável do grande calau é seu capacete, uma estrutura oca localizada na parte superior do enorme bico. Quando visto de frente, o casco é em forma de U, com duas cristas nas laterais que formam pontas na frente e dão à espécie seu nome em latim: bicornis, que significa dois chifres.

Adapta√ß√Ķes

A adapta√ß√£o mais marcante da esp√©cie √© o casco oco, mas sua fun√ß√£o n√£o √© conhecida com precis√£o. Ele pode servir para atrair as f√™meas, dominar outros machos ou como uma c√Ęmara de resson√Ęncia que amplifica os sons emitidos pelos p√°ssaros. O tamanho e a cor tamb√©m s√£o uma indica√ß√£o da idade da ave.

As duas primeiras vértebras cervicais (pescoço) são fundidas para ajudar a sustentar os grandes bicos das aves.

Acredita-se que a vedação do ninho pela fêmea tenha evoluído como um impedimento para predadores. Isso também pode garantir a fidelidade do macho ao ninho, às fêmeas e aos filhotes.

Os grandes hornbills são muito vocais. Os pares usam duetos como parte do namoro, e as aves cantam alto e com frequência em seus grandes poleiros noturnos comunitários.

Essa espécie nunca precisa beber, mas obtém a água necessária de sua dieta.

Descrição física

O grande calau é um dos maiores calaus, pesando em média 3 kg (6,6 lb) e variando em comprimento de 95 a 120 cm (37,4 a 47,24 pol.) com uma envergadura de 151 a 178 cm (59 a 70 pol.).

Elas s√£o de cores vivas. O corpo, a cabe√ßa e as asas s√£o em sua maioria pretos; o abd√īmen e o pesco√ßo s√£o brancos. A cauda √© branca com uma faixa preta. Uma gl√Ęndula de preening perto da cauda secreta √≥leo tingido, que a ave espalha durante a limpeza, o que pode dar ao bico, ao pesco√ßo, √† cauda e √†s penas das asas uma cor que varia do amarelo ao vermelho.

A característica mais notável do grande calau é seu capacete, uma estrutura oca localizada na parte superior do enorme bico. Quando visto de frente, o capacete é em forma de U, com duas cristas nas laterais que formam pontas na frente e dão à espécie seu nome em latim, bicornis, que significa dois chifres.

passaro calao Buceros bicornis

Os machos e as fêmeas têm plumagem idêntica, mas a fêmea é menor e tem uma íris branco-azulada, enquanto o macho é vermelho. A parte de trás do casco é avermelhada nas fêmeas e a parte inferior da frente e de trás do casco é preta nos machos.

Eles n√£o t√™m as penas curtas sob as asas (coberturas suba√©reas) que cobrem as bases das penas de voo prim√°rias e secund√°rias em outras aves. Como resultado, seu voo √© geralmente barulhento e produz um som caracter√≠stico de ¬ęassobio¬Ľ.
Como muitos outros hornbills, os grandes hornbills têm cílios proeminentes nas pálpebras superiores.

O que os Calaus come?

  • Na natureza: os grandes calaus comem principalmente (70%) frutas ricas em gorduras e a√ß√ļcares, mas tamb√©m se alimentam de pequenos mam√≠feros, aves, ovos, anf√≠bios, r√©pteis e insetos. Os figos s√£o um alimento particularmente importante durante todo o ano. Essa esp√©cie √© conhecida por proteger as figueiras de outros p√°ssaros.
  • No zool√≥gico: Eles comem frutas ricas em ferro, ra√ß√£o para p√°ssaros e superminhocas.

Os seres humanos são os principais predadores dos grandes hornbills. Os membros da tribo os caçam por causa de seus bicos e cabeças para usar em amuletos.

Alguns acreditam que a carne é medicinal. Eles também são caçados por sua gordura, que é altamente valorizada e usada para diversos fins, desde tratamento médico até polimento de armas, e por seus cascos, carne e penas, que são usados em vários rituais.

Organização social

Os Hornbills formam pares territoriais monog√Ęmicos, mas tamb√©m podem ser vistos em pequenos grupos familiares ou em bandos de at√© 40 aves. J√° foram observadas exibi√ß√Ķes de cortejo em grupo envolvendo at√© 20 aves. √Äs vezes, grupos de aves se re√ļnem em √°rvores frut√≠feras.

passaro calao Buceros bicornis

√Ä noite, eles se re√ļnem em grandes abrigos comunit√°rios que podem conter centenas de indiv√≠duos. Nesses abrigos, as aves s√£o muito vocais e emitem sons que podem ser descritos como ¬ęcacarejos¬Ľ ou ¬ęrugidos¬Ľ.

Os ref√ļgios podem funcionar como centros de informa√ß√Ķes, onde cada ave compartilha informa√ß√Ķes sobre locais de alimenta√ß√£o, por exemplo. Os pares geralmente se acasalam para sempre.

Ciclo de vida do calau

Os grandes Hornbills se reproduzem de janeiro/fevereiro a maio/junho. Antes da época de reprodução, os machos lutam entre si, golpeando-se com os cascos, muitas vezes durante o voo, possivelmente em competição pelas fêmeas. Um par fará duos como parte do cortejo, com um macho e uma fêmea se alternando um com o outro.

Quando a f√™mea est√° pronta para botar seus ovos, ela se fecha na cavidade do ninho usando fezes, restos de comida e madeira para cobrir a entrada por dentro. Ela deixa uma pequena fenda pela qual o macho a alimenta enquanto ela p√Ķe um ou dois ovos e os incuba por 38 a 40 dias. Durante esse per√≠odo, a f√™mea realiza uma muda completa. Embora ela geralmente ponha dois ovos, apenas um filhote √© chocado.

Quando o filhote tem cerca de 5 semanas de idade, a fêmea deixa o ninho e ajuda o macho a alimentá-lo. O filhote recolocou a entrada do ninho e se alimenta pela fenda por mais duas semanas. Depois que o pintinho emerge, os pais continuam a alimentá-lo até que ele tenha cerca de 15 semanas de idade, quando se torna independente.

As aves jovens não têm casque inicialmente, mas começam a desenvolver casque por volta dos 6 meses de idade. O desenvolvimento completo da casque leva 5 anos. O tamanho da casque pode ser importante na seleção do parceiro da fêmea. Os grandes hornbills podem viver 50 anos sob cuidados humanos, mas em média vivem de 35 a 40 anos na natureza.

O que os Calau comem?

Na natureza: os grandes calaus comem principalmente (70%) frutas ricas em gorduras e a√ß√ļcares, mas tamb√©m se alimentam de pequenos mam√≠feros, aves, ovos, anf√≠bios, r√©pteis e insetos.

Onde vive o hornbill?

No centro, leste e sul da √Āfrica.

Categorías: Tucano

0 comentarios

Deja una respuesta

Marcador de posición del avatar

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *