O Paraguai abriga cerca de 720 espécies de aves. As aves são encontradas em todos os habitats, ecossistemas, ambientes, latitudes e altitudes, o que as torna excelentes indicadores da qualidade ambiental. Ou seja, a presença (ou ausência) de certas espécies nos diz como é o meio ambiente.

A Guyra Paraguai coleta dados sobre aves em todo o país há mais de 20 anos e possui o mais rico e diversificado banco de dados do país, o que também nos permite avaliar as tendências históricas.

Realiza censos e contagens, para os quais envolve toda a cidadania, como a contagem de aves de Natal, ou o Censo de Aves Aqu√°ticas.

Reino das aves, Mergulh√£o-Pequeno, Tachybaptus dominicus 1

Estas atividades não somente proporcionam uma oportunidade de aprender sobre a vida das aves, mas também de enriquecer o banco de dados de aves e biodiversidade da organização, que é gerenciado por Hugo del Castillo.

Principais aves do Paraguai

As aves do Paraguai têm os mais diversos cores, comportamentos e tamanhos.

Aves exóticas do paraguai, reino das aves, Procnias nudicollis

Todos eles voam exceto um, o maior, o √Ďandu guasu ou √Ďandu (Rhea americana), enquanto a can√ß√£o mais poderosa √© a do Guyra p√≥ng, Guyra campana ou Bellbird (Procnias nudicollis) que gra√ßas √† a√ß√£o do Guyra Paraguay foi legalmente declarada a ave nacional, quando todos n√≥s pens√°vamos que era, e ainda assim n√£o havia legisla√ß√£o.

A lei que declara o Bellbird também insta à conservação de suas florestas. Entretanto, o tipo particular de habitat que a ave requer está sendo perdido apesar de ter uma moratória em vigor desde 2005, mais uma vez demonstrando a fraqueza da aplicação da lei.

A maior ave do Paraguai

O maior p√°ssaro voador √© o Javiru, Tuyuy√ļ cuartelero ou Yabir√ļ (Jabiru mycteria), que tem uma envergadura de asa de cerca de 2 metros.

Esta grande cegonha (uma das tr√™s que temos no pa√≠s) est√° sofrendo redu√ß√Ķes dr√°sticas em seu alcance, embora no Paraguai ainda tenhamos uma popula√ß√£o que parece ser muito saud√°vel.

O pato de abano mais r√°pido √© o Ype pepo sak√£ ou Pink-crested (Netta peposaca), e o p√°ssaro de abano mais r√°pido √© o Taguato ro’y ou Falc√£o-peregrino (Falco peregrinus).

Metade das 720 esp√©cies de aves do Paraguai s√£o aves pequenas como o pardal, o S√£o Francisco, o Chog√ľi; enquanto a outra metade s√£o aves grandes como gar√ßas e cegonhas.

Apenas uma perdiz √© exclusiva do Paraguai, a perdiz Ynambu’i ou Chaco (Nothura chacoensis); n√£o foi encontrada em nenhum outro pa√≠s e, portanto, tamb√©m deve ser uma prioridade de conserva√ß√£o no Paraguai.

Aves noturnas do Paraguai

Algumas aves s√£o exclusivamente noturnas como o Yvyja’u morotń© ou Atajacaminos ala blanca (Eleothreptus candicans), outras t√™m o h√°bito de andar no ch√£o, como a fita Guyra sa’yju ou Cachirla dorada (Anthus nattereri), outras se alimentam apenas de sementes de gram√≠neas nativas como Guyra juru tu’ń© pyt√£ ou Capuchino pecho blanco (Sporophila palustris).

Aves ex√≥ticas do paraguai, reino das aves, Eleothreptus candicans Aves de rapina ca√ßam pequenos animais para a alimenta√ß√£o, como o Taguato hovy apiratń© ou a √Āguia Coroa (Buteogallus coronatus).

J√° falamos em outra coluna sobre as aves de rapina e o importante papel que elas desempenham na natureza.

Com as mudas, aprendemos que n√£o s√≥ as florestas s√£o importantes, mas para algumas esp√©cies √© importante manter pastos e pastagens saud√°veis, caso contr√°rio, quando seus alimentos e ref√ļgio natural (gram√≠neas nativas) desaparecerem, seus indiv√≠duos n√£o ser√£o capazes de sobreviver.

Existem espécies de aves que são exclusivas de uma ecorregião?

O paraguaio passaro tem esp√©cies exclusivas ou end√™micas de uma ecorregi√£o, ou seja, n√£o s√£o encontradas em outras ecorregi√Ķes.

Até agora, sabemos que temos 11 espécies exclusivas dos Cerrados, como as de Concepción e San Pedro, enquanto 17 são exclusivas do Chaco.

Na regi√£o leste, 74 s√£o exclusivas da Mata Atl√Ęntica, e as eco-regi√Ķes com menos ¬ęexclusividades¬Ľ s√£o as Pradarias do Sul (Misiones) com tr√™s esp√©cies e o Pantanal com duas esp√©cies (Alto Paraguai).

Aves ex√≥ticas, reino das aves, Colaptes melanolaimus, pica pau Se tomarmos as principais eco-regi√Ķes do pa√≠s, poder√≠amos dizer que o Chaco √© o lar de 501 esp√©cies enquanto a Mata Atl√Ęntica abriga 411 esp√©cies de aves.

As aves que necessitam da floresta s√£o o Jakutinga, Jaku apetń© ou Yacutinga (Pipile jacutinga) e o YpekŇ© ak√£ mir√£ ou Pica-pau com cara de canela (Celeus galeatus).

As aves aquáticas do Paraguai totalizam 121 espécies e são constituídas principalmente por patos e garças. Nas pastagens do Paraguai podemos encontrar cerca de 90 espécies.

Algumas aves que vivem nas pastagens s√£o o Jetapa’i ou Yetap√° chico (Alectrurus tricolor) e o Chopń© sa’yju ou Tordo amarillo (Xanthopsar flavus).

Como sabemos se as espécies estão ameaçadas de extinção?

Os especialistas encontram e analisam esp√©cies por esp√©cie, as condi√ß√Ķes em que s√£o encontradas, o n√ļmero de indiv√≠duos poss√≠veis, as amea√ßas e as necessidades das esp√©cies.

Neste consenso, que √© levado a um n√≠vel internacional e as informa√ß√Ķes s√£o compartilhadas com outras na√ß√Ķes nas quais a esp√©cie tamb√©m poderia existir, foi acordado que h√° 28 esp√©cies no aves del Paraguay que est√£o em perigo de extin√ß√£o, ou seja, em n√≠vel global que existem no Paraguai; no entanto, em n√≠vel nacional, temos apenas 113 esp√©cies que est√£o em perigo de extin√ß√£o local. Acredita-se que duas esp√©cies j√° estejam extintas, e que outras j√° tenham desaparecido do Paraguai.

Aves exóticas do paraguai, reino das aves, Amazona vinacea Exemplos de ameaças e perda de habitat são os papagaios, papagaios e araras.

Existem 23 espécies de papagaios e araras no Paraguai; muitos sofrem com o tráfico de animais de estimação, como o Parakáu keréu ou o Papagaio-vináceo (Amazona vinacea).

Hoje tem alguns indiv√≠duos de araras em Assun√ß√£o e regi√£o metropolitana, que nos encantam com seus v√īos, cores e vocaliza√ß√Ķes. Certamente estes indiv√≠duos escaparam do cativeiro, mas a verdade √© que hoje eles voam livres na cidade e est√£o se alimentando e aninhando.

Sites nacionais de import√Ęncia para as aves

Guyra Paraguai com sua equipe de profissionais e especialistas associados foi capaz de identificar √Āreas Importantes para as Aves (IBAs). Existem 57 destas IBAs em territ√≥rio paraguaio e nem todas elas est√£o em unidades de conserva√ß√£o de propriedade, administradas ou reconhecidas pelo Estado paraguaio.

A lista dos locais com a maior diversidade de aves √©, de certa forma, a lista dos ¬ędez melhores¬Ľ para aqueles que gostam de observar aves, mas tamb√©m indica onde temos oportunidades de conservar esses elementos da natureza e todo o ambiente que os rodeia e que eles precisam subsistir.

  • San Rafael (430 esp√©cies) em Itap√ļa/Caazap√°
  • Mbaracay√ļ (418) em Canindey√ļ
  • Tapyta (376) em Caazap√°
  • Parque Nacional do Rio Negro (376) no Alto Paraguai
  • Grande Asunci√≥n (356)
  • Itab√≥ (347) em Canindey√ļ
  • Parque Nacional Paso Bravo (337) em Concepci√≥n
  • Moromb√≠ (315) em Canindey√ļ
  • Reserva Biol√≥gica de Itab√≥ (312) em Alto Paran√°
  • Defensores del Chaco National Park (312).

Nem todas os pajaros del Paraguay est√£o aqui o ano todo

Há algumas espécies que não podemos ver durante todo o ano no Paraguai. Há um total de 162 aves migratórias.

Há 44 aves que vêm da América do Norte para passar o verão aqui, 118 migram dentro da América do Sul e 41 são aves que se reproduzem no Paraguai e no inverno vão para o norte.

Além disso, entre as aves de Paraguay há 37 espécies que são aves que vêm do sul para passar o inverno aqui, e 107 são aves migratórias que não se reproduzem no país.

O fato de termos esp√©cies cujo ciclo de vida n√£o √© passado no Paraguai imp√Ķe uma responsabilidade compartilhada entre as na√ß√Ķes. S√£o necess√°rias a√ß√Ķes conjuntas para garantir a sobreviv√™ncia da esp√©cie ao longo de sua trajet√≥ria migrat√≥ria.

Basta pensar nas aves que fazem ninho no hemisfério norte, como as pradarias canadenses e americanas, e que escapam do inverno e voam mais de 10.000 km para alcançar nossas terras, no esforço energético e, por outro lado, na informação inerente que eles têm para fazer esta migração a cada ano.

Proteção Nacional, Lei de Vida Silvestre no Paraguai

Através da Resolução 224/2006 da Secretaria do Meio Ambiente, no marco da Lei 96/1992 da Vida Silvestre, divulga a lista de espécies protegidas da fauna silvestre paraguaia que estão ameaçadas, das quais 56 são espécies de aves.

O uso industrial ou comercial destas espécies é proibido, e o não cumprimento deste mandato é punido com pena, confisco e multa.

O que s√£o as aves do Paraguai?

1- Guyra pong, guyra campana ou p√°ssaro sino (Procnias nudicollis)
3- Taguato hovy apiratń© ou √°guia coroada (Buteogallus coronatus)
4- Parakáu keréu ou papagaio Vinacea ou papagaio paraguaio (Amazona vinacea)
5- Mytҩ ou guan pintado (Crax fasciolata)

Quantas espécies de aves existem no Paraguai?

O Paraguai abriga cerca de 720 espécies de aves.

Quais são as aves ameaçadas de extinção no Paraguai?

Ornitólogo Hugo del Castillo listou as 10 aves mais ameaçadas pela destruição do habitat.

  • Guyra pong, guyra campana ou p√°ssaro sino (Procnias nudicollis)
  • Jakutinga, jaku apetń© ou yacutinga (Pipile jacutinga)
  • Taguato hovy apiratń© ou √°guia coroada (Buteogallus coronatus)
  • Parak√°u ker√©u ou papagaio Vinaceous (Amazona vinacea)
  • MytŇ© ou guan pintado (Crax fasciolata)
  • YpekŇ© ak√£ mir√£ ou pica-pau com cara de canela (Celeus galeatus)
  • Gua’a hovy ou arara azul (Anodorhynchus hyacinthinus)
  • Chimbe, mbiguatń© ou saw-whet (Mergus octosetaceus)
  • Pararu ou pombo p√ļrpura (Claravis geoffroyi)
  • Kaninde, gua’a sa’yju ou ararauna amarela (Ara ararauna)

O que é a ave oficial do Paraguai?

Na pesquisa realizada por Guyra Paraguay para escolher a ave que nos representar√° neste Ano das Aves, o vencedor foi o Bellbird (Procnias nudicollis).

Esta ave, end√™mica da Mata Atl√Ęntica, √© tamb√©m a ave nacional do Paraguai.


0 comentarios

Deja una respuesta

Marcador de posición del avatar

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.