• Nome espanhol: Guacamaya Verde
  • Nome em portugu√™s: Arara Militar
  • Nome em ingl√™s: Military Macaw
  • Nome cient√≠fico: Ara militaris
  • Fam√≠lia: Psittacidae
  • Situa√ß√£o de amea√ßa: Vulner√°vel

Ara militaris, a arara militar, tamb√©m conhecida como arara verde ou papagaio verde, √© uma esp√©cie do g√™nero Ara, da fam√≠lia dos papagaios (Psittacidae) cujas popula√ß√Ķes variam do M√©xico ao norte da Argentina.

Devido √† natureza fragmentada dessas popula√ß√Ķes, seu status atual √© considerado vulner√°vel.

Caracteristicas do Ara militaris

A arara verde é uma espécie carismática, uma das mais belas do Brasil e, portanto, cobiçada como animal de estimação, sendo o tráfico e o comércio ilegal os principais fatores que a ameaçam.

Arara militar

Como as outras espécies de seu gênero, Ara compartilha uma característica externa conspícua, a ausência de penas na região do rosto ou a presença de pequenas penas em faixas.

Os destaques de sua coloração incluem sua testa e bochechas vermelho-crisadas, alcatra azul-turquesa e cobertura da cauda, bico preto baço, íris amarela e pernas e dedos dos pés cinza escuro.

Como é a arara militar?

A esp√©cie atua como um indicador da sa√ļde de seu habitat, j√° que em algumas regi√Ķes perturbadas ela est√° entre as primeiras esp√©cies a desaparecer. No Am√©rica, o Ara militaris foi observado em 19 estados ao longo das encostas do Pac√≠fico e do Atl√Ęntico.

√Č a arara mais distribu√≠da ao norte do continente. Devido √† destrui√ß√£o e modifica√ß√£o do habitat, suas popula√ß√Ķes est√£o atualmente isoladas e relativamente dispersas.

Em dire√ß√£o ao sul do continente tem sido observado na Col√īmbia, Venezuela, Equador, Peru e Bol√≠via.

No Brasil, a arara verde tende a selecionar áreas conservadas com maior riqueza de espécies; seu ambiente está principalmente associado a florestas baixas e médias e habitats semi-áridos, embora visite zonas de transição com vegetação temperada de pinheiro bravo na encosta do Pacífico.

Esta vegeta√ß√£o tem uma ampla distribui√ß√£o e uma gama clim√°tica que vai do √ļmido ao seco. A esp√©cie pode ser encontrada em √°reas de marcada sazonalidade, com esta√ß√Ķes secas e chuvosas bem definidas.

Arara militar

A temperatura m√©dia anual de seu habitat varia de 20¬įC a 29¬įC. Florestas m√©dias sub-dec√≠duas s√£o encontradas de 0 a 1.500 m a.s.l., mas florestas sub-h√ļmidas podem ocorrer em altitudes mais elevadas de at√© 2.000 m a.s.l..

Embora seja protegida pelos principais padr√Ķes nacionais e internacionais de biodiversidade, sua conserva√ß√£o representa um desafio para a sociedade mexicana.

DESCRIÇÃO

Tem um comprimento médio entre 70 e 71 cm e uma envergadura de asa entre 99 e 110 cm, com um peso aproximado de 900 a 1100 gramas. A plumagem é predominantemente verde.

A parte de trás do pescoço, a parte traseira e as penas superiores da cauda são azuis. As faixas externas das penas primárias são de um azul metálico brilhante. A cauda é longa e pontiaguda.

As penas da cauda são marrom-avermelhadas com grandes pontas azuis na parte inferior, as penas das asas são amarelo azeitona. A íris do olho é amarelo-pálido, o bico é preto e as pernas são cinza escuro.

Estes papagaios s√£o monog√Ęmicos. A f√™mea deposita seus ovos entre junho e julho. Ela p√Ķe dois ovos brancos (raramente tr√™s) medindo 46,4 x 32,8 mm e os cria por 24 a 26 dias at√© eclodirem.

Ap√≥s a eclos√£o, os jovens permanecem no ninho por um longo per√≠odo, cerca de um ano. Os primeiros v√īos t√™m entre 95 e 130 dias de idade.

TAXONOMIA

O nome da arara militar vem da semelhança de sua plumagem com um uniforme militar. Há três subespécies de Ara militaris, A. m. militaris, A. m. mexicana, e A. m. boliviana.

Arara militar

As principais diferen√ßas entre as subesp√©cies s√£o a localiza√ß√£o e pequenas varia√ß√Ķes no tamanho e na plumagem. A diferen√ßa de tamanho √© geralmente de 70-80 cm (28-31 pol), sendo a subesp√©cie militaris a menor e a mexicana a maior.

Ela possui três subespécies reconhecidas

  • Ara militaris bolivianus (Reichenow, 1908)
  • Ara militaris mexicanus (Ridgway, 1915)
  • Ara militaris militaris militaris (Linnaeus, 1766)

As diferen√ßas entre subesp√©cies s√£o pequenas e referem-se a pequenas varia√ß√Ķes de cor e tamanho, geralmente 70-80 cm (28-31 polegadas), sendo a Ara militaris militaris militaris a menor e a Ara militaris mexicana a maior.

MACAU MILITAR

A arara militar (Ara militaris militaris) é um papagaio grande e uma arara de tamanho médio que recebe seu nome de sua plumagem predominantemente verde que se assemelha a um uniforme de desfile militar.

√Č nativo das florestas do M√©xico e da Am√©rica do Sul e, embora considerado vulner√°vel na natureza, ainda √© comumente encontrado na ind√ļstria do com√©rcio de animais de estima√ß√£o.

DESCRIÇÃO

A arara militar tem 70 a 85 cent√≠metros de comprimento em m√©dia, e 99 a 110 cm de comprimento atrav√©s das asas. As araras militares s√£o, em sua maioria, verdes com penas azul-claro e amarelo v√īo e pena de cauda e uma mancha vermelha brilhante em sua testa. Seu rosto √© nu e branco com estrias pretas. O bico grande e forte √© cinza-preto e a √≠ris √© amarela.

Elas se parecem muito com as grandes araras verdes e geralmente se distinguem das grandes araras verdes por seu tamanho menor, bico completamente preto, e pela cor geral mais escura.

Elas tamb√©m podem ser separadas por diferen√ßas na vocaliza√ß√£o e pela tend√™ncia de grandes araras verdes serem uma esp√©cie de floresta √ļmida, enquanto as araras militares s√£o geralmente uma esp√©cie de floresta dec√≠dua. Estudos filogen√©ticos t√™m mostrado que as duas esp√©cies s√£o clades irm√£os.

COMPORTAMENTO

As araras militares vivem em grandes bandos e podem viver cerca de 50-60 anos na natureza.

Elas podem muitas vezes ser ouvidas muito antes de serem vistas. S√£o uma ave muito barulhenta fazendo uma variedade de sons de rachar e gritar alto, incluindo um kraa-aak barulhento.

A atividade das araras militares tem sido observada com mais freq√ľ√™ncia pela manh√£ e √† noite, o que significa que elas s√£o muito provavelmente uma esp√©cie crepuscular.

COMIDA E ALIMENTAÇÃO

As araras militares deixarão seus poleiros em bandos ao redor do amanhecer para procurar forragem. Sua dieta consiste principalmente de sementes, mas também inclui frutos e folhas.

Foram observadas usando Tillandsia grandis para água e consumindo látex de Plumeria rubra. Eles têm uma dieta um pouco restrita, o que significa que comem apenas uma pequena porcentagem das espécies de plantas que estão disponíveis para eles.

Eles tamb√©m visitar√£o pilhas de argila conhecidas como ¬ęararas lambem¬Ľ. Estas lambidas de argila s√£o encontradas ao longo das margens dos rios ou √†s vezes no interior da floresta tropical amaz√īnica.

As araras se aglomerarão ali para se alimentar destes depósitos de argila, que parecem desintoxicar os venenos encontrados nas sementes e na vegetação do resto de sua dieta. Pensa-se também que esta argila fornece às araras o sal dietético não disponível em sua dieta normal.

CRIAÇÃO

Os comportamentos de união de pares incluem o grooming e regurgitação e tem sido observados durante os períodos de reprodução e não reprodução. O cortejo ocorrerá já em março, enquanto a cópula só ocorrerá em maio e julho.

A época de reprodução é tipicamente entre março e outubro, enquanto a incubação e eclosão ocorre durante agosto e setembro. A estação reprodutiva começa com a seleção dos ninhos por volta de outubro e termina quando os filhotes se comprometem entre janeiro e março.

As araras militares são ninhos de cavidades e farão ninhos em cavidades naturais, como buracos em árvores ou em penhascos. Elas aninham em árvores com pelo menos 15 metros de altura e 90 centímetros de largura. Durante a época de reprodução, o macho alimentará a fêmea 3-4 vezes ao dia.

DISTRIBUIÇÃO E HABITAT

As araras militares normalmente habitam florestas tropicais decíduas e semi-decíduas.

Elas são uma espécie de dossel porque requerem grandes copas de árvores de árvores decíduas e subdecíduas para alimentação, reprodução e comportamento de nidificação.

Elas tamb√©m usam √°rvores de copa das √°rvores para prote√ß√£o contra predadores e calor. Normalmente vivem em eleva√ß√Ķes de 600 a 2600 m, mais altas nas montanhas do que a maioria das araras de sempre.

Entretanto, estas araras podem sazonalmente voar para as terras baixas, onde provavelmente est√£o em florestas √ļmidas e bosques espinhosos. Elas se aninham no topo das √°rvores e, mais freq√ľentemente, em fal√©sias com mais de 200 m acima do solo.

As tr√™s subesp√©cies da arara militar se distinguem geograficamente. A. m. militaris s√£o encontradas em √°reas da Bol√≠via, Peru, Equador, Col√īmbia e Venezuela. A. m. mexicana ocupam √°reas no M√©xico e A. m. boliviana vivem na Bol√≠via e na Argentina.

A arara militar escapou ou foi deliberadamente liberada na Fl√≥rida, EUA, mas n√£o h√° evid√™ncias de que a popula√ß√£o esteja se reproduzindo e s√≥ pode persistir devido a liberta√ß√Ķes ou fugas cont√≠nuas.

Categorías: Arara

0 comentarios

Deja una respuesta

Marcador de posición del avatar

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *