Esta é uma grande ave marinha de pêlo escuro, parente dos puffins, às vezes comum na costa norte do Pacífico.

Tende a ser muito confiante, permitindo que as embarca√ß√Ķes se aproximem bastante da √°gua. Mas se pressionado, mergulha e nada vigorosamente debaixo d’√°gua.

Embora pare√ßa desajeitado e lute para se tornar a√©reo, ele tem a capacidade de voar r√°pido e percorrer dist√Ęncias enormes para locais de alimenta√ß√£o todos os dias.

Características do Alca Rinoceronte (Cerorhinca Monocerata)

A ¬ębuzina¬Ľ do bico, que lhe d√° seu nome, cresce a cada ano no in√≠cio da primavera e √© derramada no final do ver√£o.

Estado de conservaçãoNão é tão abundante quanto certos alcas árticos, mas é bastante abundante. Nos Farallones, Califórnia, onde a espécie deixou de reproduzir-se por quase um século, ela foi reintroduzida nos anos 70, depois que os coelhos que haviam sido introduzidos nas ilhas foram eliminados (os coelhos podem ter competido por tocas).
FamiliaAlcas, Araos, Frailecillos
H√°bitatOceano e disjuntores; ninhos em tocas em ilhas. Geralmente fica longe de terra est√°vel, mas pode se alimentar perto da costa, especialmente quando as correntes perto das ilhas causam afloramentos ou concentra√ß√Ķes de alimentos. No inverno, os rebanhos podem passar a noite em ba√≠as costeiras e voar para o mar em busca de forragem durante o dia. Ninhos em ilhas, em tocas no solo sob ervas daninhas, arbustos ou √°rvores.

Galeria de fotos

Ação de alimentação do Cerorhinca Monocerata

forragens nadando debaixo d’√°gua. Ele √© capaz de ficar submerso por at√© 2 minutos e pode se aproximar mais da costa em busca de alimentos do que os puffins.

Ovos

Um. De cor esbranquiçada, na maioria dos casos com manchas de cobre e cinza. A incubação é realizada por ambos os sexos e dura entre 39 e 52 dias, 45 em média.

Reprodução do Cerorhinca Monocerata

Ambos os pais alimentam as crias e carregam o peixe em seus bicos até o ninho. Os jovens deixam o ninho 7 a 8 semanas após o nascimento.

Dieta

peixes e pequenos crustáceos. A comida trazida para o ninho consiste principalmente de peixes, particularmente amodícies, arenques e anchovas, embora também sejam mantidos no ninho peixes de pedra, cheiros, dourados e outros.

Ele escolhe os peixes que se re√ļnem em cardumes grossos. A dieta de peixes maiores √© provavelmente relacionada e tamb√©m inclui crust√°ceos.

Aninhamento do Cerorhinca Monocerata

Ra√ßas em col√īnias, principalmente em ilhas. Na maioria dos casos, somente ativas perto das col√īnias √† noite, embora em v√°rias col√īnias as maiores tamb√©m exibam durante o dia.

Como parte das exibi√ß√Ķes do namoro, os dois membros bicam os bicos um do outro.

Protege o território do ninho, ficando em pé com as asas relativamente abertas e apontando a conta para cima enquanto emite um som de assobio.

Ninho: aninham em tocas no chão, geralmente em pequenos atestados preenchidos com gramíneas, arbustos ou árvores, às vezes em atestados íngremes ou barrancos.

A toca pode ter até 6 metros de comprimento, e geralmente tem entre 1,5 e 3 metros de comprimento, com um ou mais ramos laterais.

O ninho est√° em uma c√Ęmara na toca e se encontra em uma cobertura rasa de musgo e pequenos galhos.


0 comentarios

Deja una respuesta

Marcador de posición del avatar

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *